Adestrar para que?

Quando temos filhos, seja de sangue ou adotados, nos preocupamos em educá -los bem, em cuidar da sua saúde, seu bem estar em geral.
Mas quando temos cães, agimos bem diferente. De jeito nenhum quero generalizar ou comparar crianças humanas com os cachorros, e aliás, essa comparação jamais deve ser feita.

Já faz algum tempo que falamos em POSSE RESPONSÁVEL, mas o que é isso? A maioria das pessoas resume a posse responsável em se ‘responsabilizar’ pelo cão para o resto da vida.

Os cães são seres vivos, e tem muitas necessidades. Já falamos aqui de passeio, de comportamento, mas ainda não falamos em ADESTRAMENTO, que na realidade, um dos principais pontos da posse responsável. A maioria das pessoas que gosta de cachorro não sabe das suas reais necessidades, de como ele pensa e como age, e acaba humanizando seus cães, sem saber que isso faz mal para eles, os tornando frustrados. Nós, humanos, nos diferenciamos das outras espécies pela nossa capacidade de falar e raciocinar e é por isso, que somos nós que devemos aprender a linguagem dos cães e não eles a nossa.

Para começar, temos que acabar com o mito de que adestramento é pro cachorro fazer gracinha, sentar, deitar, rolar etc.. Os comandos são extremamente importantes para afirmar a sua liderança em relação ao seu amigo e deixá lo mais acessível. Como disse no texto anterior a liderança é o principal passo para que vocês se entendam. Nós não podemos jamais esquecer que por menor que seja o cachorro, ele ainda é um cachorro e não um bichinho de pelúcia. Existem muitos adestradores e vários métodos de trabalho, mas nenhum deles será eficiente se o o dono do cão não se interessar pela reabilitação.

É muito comum ouvirmos frases como: Meu cachorro está maluco, ele é bravo etc. Mas nunca refletimos o porque do cachorro estar assim. Nos preocupamos com a saúde física dele, o levamos ao veterinário sempre que necessário, mas esquecemos o principal: a saúde mental do nosso amigo. Acidentes acontecem devido a problemas de comportamento, e estes problemas, na maioria das vezes, são adquiridos pelo cão devido  as atitutes da familia.

O ato de Adestrar  é uma forma de estabelecer uma comunicação entre o dono e seu mascote. Podemos chamar até de EDUCAR, se preferir, mas o importante é se dedicar em explicar, de forma que ele entenda, o que pode e o que não pode fazer, que tipo de comportamento você espera que ele tenha quando esta só a familília ou quando recebe visitas. O ADESTRAMENTO serve justamente para isso.

Durante o adestramento, o dono aprende como os cães de forma geral se comportam, além das características específicas da raça do seu cão, e desenvolve com ele uma linguagem de comandos para facilitar a cominicação, a partir dai seu cão e você podem se entender muito melhor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s