T.O.C- Transtorno Obsessivo Compulsivo em cães

Como já falamos em posts anteriores, antigamente os cães viviam em matilhas muito bem organizadas. Ao longo da domesticação dos cães as pessoas passaram a humaniza-los ou pelo menos tentar faze-lo. Então, a matilha dos cães passou a ser a família humana, que nem sempre sabe o que é melhor para seu cão. Muita gente erra, sem saber, deixando os cães presos o dia inteiro em apartamento ou casa sozinhos, presos em correntes, ou em canis pequenos, sem socialização. Sendo que o cachorro precisa de toda a nossa atenção, o isolamento causa ansiedade e outros distúrbios comportamentais, provocando panico, que faz como que ele tenha atitudes desesperadas como tentativa de fuga, destruição de objetos, alotriofagia, coprofagia, entre outros. Transtorno obsessivo compulsivo em cães pode se apresentar a traves dos seguintes sintomas: spider-Perseguição de cauda -Perseguição de luzes -Arranhadura de chão -Ataque a objetos inanimados -Marcha em círculos, saltos -Mordedura do ar -Esfregamento da face -Alotriofagia (compulsão alimentar) -Coprofagia (comer fezes) Todos estes problemas  estão intimamente relacionados com estresse, ansiedade e distúrbios comportamentais. O dono pode se tornar o fator que desencadeia o problema. Algumas raças já tem a predisposição genética para alguns problemas comportamentais. O problema é serio e não pode ser ignorado. Deve ser tratado clinicamente, um profissional especializado em comportamento canino deve ser consultado também. O animal deve viver perto d família, deve ser socializado amplamente. Atividade física é fundamental, deve receber aulas de obediência, e o tutor deve participar diretamente do adestramento. O profissional deve apenas orientar para que se faça de forma correta, e não para adestrar no lugar do tutor. Medicamentos ansiolíticos, psicotrópicos devem ser cogitados. O numero de cães com problemas de comportamento vem aumentando, justamente pela falta de conhecimento dos tutores. Falta orientação e educação nesta área. Por isso ao adquirir um cão seja adotado, seja comprado deve se pesquisar como era a vida dele se ele teve traumas, se no caso da compra, o canil criador se preocupa com a seleção genética de comportamento. E de preferencia antes de ter um cachorro consultar um bom profissional para que ele ajude a fazer perfil de cão, vira lata ou de raça que se de melhor com a família.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s